Blog do Eduardo Costa Meu blog pessoal

3Mar/121

Como motivar funcionários, ao estilo Minecraft

Motivar profissionais é uma arte. São poucos os que conseguem manter um talento motivado e produtivo. Notch (também conhecido como Markus Persson), criador do jogo Minecraft, definitivamente sabe como fazer seus funcionários muito felizes. Mais felizes que personagens no fim de um filme de comédia romântica.

Quer saber a receita? Os passos são simples:

  1. Lucre três milhões de dólares. Esta parte é fácil. Se tem empresa que lucra bilhões, o que são míseros três milhões? Ainda mais quando você tem uma equipe de talentos.
  2. Agora vem o passo mais difícil de todos. Não, esse passo não envolve embolsar o dinheiro e gastar com algum carro esportivo ou com um jatinho particular. Pegue esses três milhões de dólares e divida entre seus funcionários. Sim! Pegue tudo e dê para eles. Sem esperar nada em troca vai ser um enorme diferencial.

Duvida? Olha o tweet do Notch para provar:

Os mais céticos devem achar que a Mojang (nome da empresa cujo dono é o Notch e cujo lucro em 2011 foi três milhões e cujos funcionários devem ser os mais felizes do mundo - literalmente) deve ser uma organização enorme, multinacional, com milhares de empregados. Mesmo se tivesse três mil funcionários, seriam mais de mil dólares de bônus. Oras, quantos brasileiros vão ter uma PPLR de mil dólares esse ano - ou seja, de mil a dois mil reais?.

Só para informar, a Mojang, com seu lucro de três milhões, só tem uns 25 funcionários para dividir a grana! E o Markus não fica numa cadeira de poderoso chefão numa sala especial no último andar do prédio, alisando gatos e oferecendo propostas irrecusáveis. Não. Ele continua desenvolvendo Minecraft junto com os funcionários. Tanto que, no tweet, ele menciona "outros funcionários" - nem parece que é dono da empresa. Aliás, nesta foto, você só reconhece o Notch se souber anteriormente quem ele é.

E, claro, a matemática final: se os três milhões forem divididos igualmente, cada funcionário vai receber uma "PPLR" de CENTO E VINTE MIL DÓLARES. Deixa eu repetir:  "PPLR" de CENTO E VINTE MIL DÓLARES. Mesmo com os impostos abusivos do Brasil, esse valor cairia para, muito por baixo, uns oitenta mil. Já pensou como seria bom receber mais de cem mil reais de bônus da empresa? Ainda mais sem metas ou qualquer outro "deadline" para resolver. O sujeito ganhou três milhões, poderia ter embolsado tudo, gasto com luxo e vida boa, mas decidiu dividir com a galera. Vai dizer que esse povo não vai trabalhar motivado ao extremo?

Comentários (1) Trackbacks (0)
  1. Edu, pense como um estrangeiro: eles contam o salário por ano. Suponha que todo mundo na Mojang ganhe bem, mesmo para os padrões europeus, e levem US$10K/mês. São US$120K/ano. Em outras palavras, eles levaram, por alto, um ano de salário. UM ANO DE SALÁRIO de PPLR.

    Por esse chefe eu atacaria creepers de mãos abanando e sem armadura! :-)


Leave a comment

(required)


*

Sem trackbacks