Blog do Eduardo Costa Meu blog pessoal

28Dez/110

Um ano de AWS

Ontem, dia 27, completou um ano em que a máquina do meu blog está no ar. Um ano sem bater cabeça com administrador mal-remunerado que nem sabe configurar permissões de pasta. Até hoje, por culpa da Amazon, o servidor só ficou fora do ar UMA vez. E, surpreendentemente, foi em uma manutenção programada com dias de antecedência. Esse reboot foi a 18 dias (e o servidor não foi reiniciado desde então).

Mesmo sendo a máquina mais fuleira na Amazon, ainda tem um poder de fogo de dar inveja a muita das hospedagens que já usei até hoje. Mesmo precisando tomar cuidado com as tentativas de invasão, ainda me sinto mais seguro.

Categorias: geek Sem Comentários
14Dez/114

iTunes Store no Brasil

Estava eu com gripe, mal ficando em pé, filosofando se devo enfrentar novamente o ar condicionado do trabalho e me arriscar a piorar ainda mais ou se devia ficar em casa me recuperando com a sensação de culpa (sim, sou caxias). Ao abrir o Mail para remover o spam do dia e mandar um e-mail avisando de minha condição de saúde, deparei-me com uma mensagem da Apple com título curioso: "Apresentamos iTunes Store". Fiquei com uma sensação meio perdida. Ao abrir, entendi: iTunes Store, e não App Store!

Sim! Finalmente! Esse deve ter sido o preço que Steve Jobs estava pagando para entrar no céu: agora é possível comprar música e filmes no Brasil, sem a maluquice de compras estrangeiras! Aproveitei o iTunes sempre aberto (afinal, tenho 8GB de RAM) para conferir. Saí da minha conta americana, fui para a conta brazuca e... Tchan tchan tchan tchaaaan! Aparecem Roberto Carlos e outros em uma aba "Músicas", ao lado de uma aba "Filmes". Comecei a gritar feito uma menininha que ganhou um pônei de natal.

Fui para os filmes. Tropa de Elite 2! Em HD! Mais um grito de menininha. Tá bem, vamos ver o preço. R$ 50, que nem a versão em DVD? Não!! Versão HD por R$ 20! Sim, vintão! Que tal então alugar? QUATRO REAIS. Sim, QUATRO em HD. Gasto mais que isso com metrô por dia (e a TV de lá não é HD)! Quatro reais para ficar um dia assistindo (e você ainda tem 30 dias para começar a assistir). Minha experiência alugando filmes na loja americana confirmou que alugar é melhor que comprar (matemática básica: preciso ver mais de cinco vezes para compensar a compra). Some isso ao fato que vai demorar para eu assistir denovo.

Que tal uma novidade? Smurfs. Eu não assistiria, mas acabou de sair dos cinemas. R$ 50 que nem o DVD? Não! R$ 15 em SD. Dublado para a garotada. Que tal algo mais cult? Lunar por R$ 10. Parece até que simplesmente traduziram US$ por R$, pois os valores são parecidos com os americanos.

Música. Quase esqueci. Seu Jorge em "Músicas para Churrasco": R$ 9 (ou R$ 1 por música). Evanescence em "Fallen", por R$ 6! Preço de camelô! Lançamento "Born This Way" da Lady Gaga por R$ 11 (cada música custa R$ 1). Eu já fui desses que baixava discografia inteira, e aprendi uma coisa: melhor gastar R$ 20 escolhendo vinte músicas boas do que R$ 300 num MP3 que agüente N gigabytes de músicas que nunca vou ouvir. Consegui colocar todas as músicas que comprei minha vida toda (e só comprei as que tinha certeza que ia escutar regularmente) em um iPod Shuffle de 2GB. Nunca consegui esse feito com meus MP3 xing-ling com 32GB e músicas piratas. Agora, nem preciso mais de contas em Londres, Argentina ou EUA. Adeus ilegalidade da pirataria.

Claro que nem tudo são flores. O sistema obviamente está começando, então tem muito filme só em SD, somente dublados, sem aluguel, etc. Considerando os valores, seria uma sacanagem reclamar deles agora.

EDIT: Descobri que aluguel de filmes agora são de 48 horas, no lugar de 24. Mereceu mais um grito "ponástico".

Categorias: geek 4 Comentários