Blog do Eduardo Costa Meu blog pessoal

23Out/110

Comprando na Apple Store americana

Sim, após meses de muita luta, pesquisa, sangue, suor, lágrimas e filosofia, consegui criar uma conta na Apple Store americana e comprar algo que normalmente só está disponível para os americanos.

Sim, é possível viver um pouco mais longe da marginalidade da pirataria. Tecnicamente, ainda não é 100% válido pois não sou americano (deveria ser para fazer o que fiz), mas ninguém saiu prejudicado de qualquer forma nessa transação.

Vamos aos passos:

  1. Compre um Gift Card da Apple Store (no e-Bay, por exemplo);
  2. Consiga um endereço americano qualquer no Google;
  3. Crie um cadastro na Apple Store americana usando esse endereço, nenhum cartão de crédito (basta não preencher) e coloque o número do Gift Card no campo "Redeem a gift card".
  4. DIVIRTA-SE com sua conta "pré-paga"

É um caminho fácil, muita gente já o fez antes com variações. Meu mérito está apenas em descobrir que o campo "Redeem" torna o campo do cartão opcional. Daí, fica como uma conta pré-paga de celular.

Vamos aos fatos: filme do Thor lá está em US$19. No Brasil, está uns R$40. Opa, esqueci de dizer que esse valor, na Apple Store, é para a versão em HD! Um Bluray no Brasil nem quero ver o valor. Ou seja, fica bem mais acessível ver um material que preste!

Outra parte boa é que eu comprei um episódio da nova temporada de Fringe para testar (ainda nem saiu aqui!), veio em HD (uhu!) e ainda ganhei o SD de brinde! Posso ver no meu iPod Touch 2nd-gen (SD) e no meu iPad 2 (HD) sem problemas! Ou seja, o HD vale por dois!

A desvantagem é a "taxa simbólica" que os americanos cobram na hora de vender o Gift Card. Comprei um de US$10 (o menor deles) por US$13. Mas, espantosamente, ainda é mais vantagem que comprar o mesmo kit no Brasil. US$ 26 por um filme HD recém-lançado é uma pechincha! Além, claro, do fato que você tem, no máximo, legendas em inglês (Closed Caption, na verdade). Não é um problema para quem sabe inglês (ou para quem está diligentemente estudando).

Ah, lembrando que, tirando os aluguéis (sim, é possível alugar filmes em HD também, US$ 5 pelo Thor), todo o conteúdo é seu ad-eternum. A menos, claro, que você cometa alguma asneira, que nem compartilhar sua senha ou divulgar seu usuário!

Comentários (0) Trackbacks (0)

Sem comentários


Leave a comment

(required)


*

Sem trackbacks