Blog do Eduardo Costa Meu blog pessoal

7Mai/110

Vantagem do Mercurial sobre o Subversion/CVS

Acho que essa também vale se for o GIT. Bom, hoje, depois de uma ou outra semana trabalhando duro em um projeto pessoal para iOS, decidi que era hora de colocar as 64 revisões do Mercurial em meu servidor central. Criei o repositório no servidor, mas, na hora de fazer o "push", errei na URL e joguei em cima do meu projeto CuteGod (para iOS). Droga de MacHg que não avisa que o destino não é válido!

Ficou uma verdadeira zona. Não sei como, o que tinha do CuteGod ficou "abaixo" do que veio nesse novo projeto. Total bagunça! E nem lembro se meu último backup foi tão recente assim (a ponto de não afetar outros projetos)!

Instantes de muitos palavrões mentais depois, comecei a ver como faria para recuperar o estrago. Alguns links depois, eu lembrei: sistema distribuído, oras! Significa que eu tenho uma cópia completa e autônoma aqui na minha máquina. Bastou jogar a pasta destruída fora, criar uma nova e fazer um "push" do zero. Simples! Tudo voltou ao normal: tags, revisões, históricos...

Muito mais fácil que "voltar backup". Quero ver alguém fazer isso no SVN ou no CVS!

Comentários (0) Trackbacks (0)

Sem comentários


Leave a comment

(required)


*

Sem trackbacks