Blog do Eduardo Costa Meu blog pessoal

14Mai/090

Lipoaspiração no Firefox (a.k.a: economizando memória)

Você também se incomoda com a quantidade abusiva de memória que o Firefox consome após algum tempo de uso? O meu começa com um footprint de 120mb e chega a 300mb (sem ter tanta aba aberta assim). Pesquisando um pouco na internet, achei um artigo em inglês sobre algumas alterações na configuração. Muito legal, mas não fala qual o significado de cada configuração a alterar. Pesquisando mais um pouco, encontrei um ótimo artigo no MozillaZine.

Algumas dicas:

  1. Algumas extensões tem problemas. Veja na lista se uma das suas 42 extensões é problemática. Nem o Firebug escapa (infelizmente, ajuda a aumentar o consumo de CPU);
  2. O plugin do flash é "do mal". Além dos vazamentos cotidianos, cada animação aberta consome memória, e, em uma época em que até o site da padaria da esquina tem umas vinte animações flash, o melhor é desativar essa figura. Mas, como provavelmente "aquele" site que você visita todo dia (vamos supor que seja algo construtivo) vai impedir o desligamento completo do plugin, baixe o Flashblock, e só ative as animações que são realmente importantes - a performance de seu PC agradece;
  3. Apesar de ser meu ganha-pão, o plugin do Java também é "do mal". Esse não tem um "Javablock", mas só é carregado nas poucas páginas que precisam do plugin. Como plugin, uma vez carregado, permanece carregado, reinicie o Firefox sempre que não precisar mais do Java;
  4. Altere o tamanho do cache de imagens. Esta configuração, por padrão, é dinâmica (a partir da quantidade de memória disponível). Com 1gb, o cache, por padrão, é de 18mb... Se quiser alterar, vá em "about:config", e inclua um valor inteiro chamado "browser.cache.memory.capacity" com o valor em megabytes que deseja (ex: "4096", para um cache de 4mb). Se for muito "macho", desligue completamente o cache alterando "browser.cache.memory.enabled" para "false" e ligue o cache em disco para páginas SSL, com "browser.cache.disk_cache_ssl" igual a "true" (lembre-se que tal cache não é criptografado, então é potencialmente inseguro);
  5. Se você não usa muito os botões "back" e "forward", diminua ou desligue o cache de página. Diferente do cache em memória (que guarda o fonte da página), esse cache guarda a página montada. Por padrão, também é dinâmico. Com 1gb no micro, o firefox guarda 8 páginas (como cada uma consome cerca de 4mb, temos 32mb aqui). Basta alterar "browser.sessionhistory.max_total_viewers" no about:config para a quantidade de páginas que deseja guardar (ou desligar, atribuindo "zero" nessa configuração);
  6. Usuários Windows que não minimizam muito o firefox podem deixar o sistema (não-tão) operacional mandar o navegador para swap com a opção booleana "config.trim_on_minimize" igual a "true". O problema é esperar alguns instantes com o firefox travado ao restaurar. A vantagem é que as "gorduras inúteis" do firefox permanescerão em swap;
  7. Por último, reinicie o firefox! Não só para ativar as configurações acima, mas para liberar os quilos de banha que vazam durante aquela sua sessão matuzaléica que já comemora bodas de trigo com seu micro.

Comentários (0) Trackbacks (0)

Sem comentários


Leave a comment

(required)


*

Sem trackbacks